Um Vermeer em São Paulo

WomanInBlueReadingaLetterPara nosso deleite, o quadro “woman in blue reading a letter” será exposto no MASP a partir de 12 de dezembro, dentro do esforço do Rijksmuseum para divulgar a sua reabertura no próximo ano (dia 13 de Abril, mais precisamente). A informação não consta ainda nem do site do MASP, mas o próprio Rijskmuseum confirma a informação.

A tela em questão, restaurada recentemente, já esteve este ano na China durante Outubro e do Brasil irá para os Estados Unidos. É uma oportunidade incrível, pois pelo que consta, nunca um quadro de Vermeer esteve por aqui antes. E “woman in blue reading a letter” é um prato cheio para uma iniciação na magia do grande pintor holandês. A tela é rica no que Vermeer sabia fazer de melhor, que é enfiar o expectador na cena como se ele estivesse ocorrendo naquele exato instante, e conduzir nosso olhar para o ponto focal do que ele quer verdadeiramente mostrar através do jogo de luz.

Na tela em questão, a luz nos conduz para o ventre da mulher (grávida?) que lê uma carta de seu marido (que está viajando, mensagem dada pelo mapa na parede). A notícia parece ser importante, nossa personagem deve ter se levantado subitamente (veja a cadeira jogada para trás no lado direito da tela). Mas mais do que tudo isso, o conjunto da cena é extremamente envolvente, a riqueza dos detalhes, o convite à contemplação. Notem, por exemplo, a dobra superior da carta, um truque singelo, mas de belíssimo efeito. A reprodução aí de cima é do próprio Rijks, em alta resolução. Um show.

Mais sobre Vermeer você encontra aqui.

Março: Sampa calling e é melhor ouvir

 

De 1 a 25  > show do Chico Buarque. Ouvir Sinhá ao vivo.

Dia 2 > Estréia ‘Drive”. Ouvir Cinema

A partir do dia 5 > Restaurant Week. Ouvir as papilas gustativas pulando de alegria.

Dia 8 > Santos vs Inter na Libertadores. Ouvir a galera delirar com DaDaDaDa. (Para quem não sabe ainda, Damião, Dagoberto, D’alessandro e Dátolo)

Dias 8, 9 e 10 > estréia OSESP com Marin Alsop. Ouvir e sonhar.

A partir do dia 9 > Vale tudo, o musical. Ouvir o Tim Maia, como se ele estivesse ali.

Dia 17 > Maria Rita canta Elis no Ibirapuera, de graça. Ouvir a filha da mãe cantando a mãe.

A partir do dia 17 > o musical Priscilla, a Rainha do Deserto, com as músicas na versão original. Ouvir e Rir.

Dia 25 >show Credence Clearwater Revisited. Ouvir e achar que o mundo voltou para trás.

Dia 26 > Exposição Alberto Giacometti, no MASP. Ouvir o bronze estalando, as exíguas figuras como que querendo sair andando.

Dia 29 > Show Joe Cocker. Ouvir, se ele ainda tiver voz.

Pedro Weingärtner

Gente,

mais uma quickie, por que esta exposição também é imperdível. Na pinacoteca de Sampa foram reunidas 130 obras de Pedro Weingärtner e cada uma delas vale a visita! eu não sabia quase nada deste pintor até adentrar o espaço da Pinacoteca e a surpresa foi muito grata. O atenuante é que aparentemente quase ninguém sabe nada sobre ele, então estou desculpado. Talvez nem tanto, afinal o cara era gaúcho. De qualquer modo, os quadros são ótimos, de um realismo impressionante. Se possível, vá ao MASP, veja a exposição Realismo na França e compare.

é isso aí!