Vejo Ítaca ao longe

O Tempo é perene, o Vento passa.

Coisas ruins passam, os teus valores são como o Tempo, perenes.

Temos o Tempo para cultivar os nossos propósitos, mesmo que em outras paragens. Propósitos perenes, mesmo que bata um ventinho indigesto de vez em quando.

Os desrespeitosos sucumbem, as tuas habilidades só crescem e serão nutridas ao teu Tempo. Para a perenidade.

Atitudes não éticas podem demorar para emergir, mas emergem. As tuas fortalezas idem. E as últimas o Tempo eterniza, as primeiras o Vento mesmo varre.

A tua credibilidade é para durar todo o Tempo que permitires.

Certifica-te de que tens processos bem robustos e uma estratégia flexível, que te acompanharão ao longo do Tempo. Os ventos até poderão vergá-los, mas somente para que incorporem mais energia para revidar a contento.

A crise, como o Vento, pode até te dar um friozinho na barriga, mas o Tempo,  o Tempo meu caro, tu sabes que ele está ao teu lado.

Quem está obcecado pelo curto-prazo, está preocupado com o Vento, o Tempo é para os que veem ao longe. E para quem te responder que não existe longo prazo sem o curto primeiro, responda que, sob a perspectiva do Tempo, quem não existe é este ventinho tolo.

E o que é um Ventinho, para quem mira Ítaca ao longe?

Advertisements

40 razões para comemorar 50

  1. 50 é o novo 40, e a vida começa aos 40
  2. Você pode dizer: Do alto deste último tufo de cabelos que pontua (sim, pois parece uma virgula) minha careca, meio século vos contemplam
  3. Você pode se considerar o ultimo dos baby boomers e o primeiro rebelde sem causa
  4. 50 é ótimo para nos tornarmos quem verdadeiramente somos. Se ainda não somos. Mas é melhor correr agora
  5. você pode exultar de alegria quando te chamam de tio, e não de vovô
  6. A maturidade é a mãe de todos os consolos
  7. Voce pode achar ótimo que ainda faltam 10 anos para você poder usar vagas de idoso em estacionamento
  8. Quase todas as tuas bandas de rock favoritas ainda estão na estrada, tocando, ao passo que as bandas dos teus filhos, alunos, sobrinhos, já estão se desmantelando
  9. O tio sukita certamente tinha mais de 50, não é ?
  1. você nunca teve uma crise de identidade. Antes, um conservador, agora um reaça de marca maior.
  2. Os teus tabus se foram. O que era ilícito, virou remédio.
  3. Você sabe o que é bom para a tosse. Enquanto uns vão de Christian Grey, você ataca de Dorian Gray.
  4. Alguns dos teus heróis morreram de overdose, é certo, mas nenhum pediu para sair.
  5. Agora pinta aquela sensação de flutuar, pois você já não pertence mais a este tempo. Pode dizer sem medo, “no meu tempo isso, no meu tempo aquilo”.
  6. Como uma geração se define pela espaço de 25 anos, você já não pertence mais a geração passada, mas sim, a geração retrasada. Você é de antes, muito antes.
  7. Relativamente você não esta ficando tão velho assim, pois a partir de agora, o acréscimo de 1 ano em 50 nao representara nem 2% de sua idade total. Você esta fadado a para todo sempre crescer só um pibinho.
  8. As pessoas mais idosas do planeta chegam a 116, 117 anos. Woody Allen e Clint Eastwood ainda pode fazer mais uns 35 filmes. E você poderá vê-los.
  9. Aos vinte tudo é futuro, aos trinta você ainda pode recorrer ao esforço, aos 40 voce ainda quer desafiar a tua maturidade, mas aos 50 voce se rende. Você é mesmo esse cara.
  10. É um ótimo momento para reafirmar que qualidade supera quantidade
  11. chegou o momento onde você não acha mais ridícula aquela propaganda do Gressin 2000
  12. porque aliás o único lugar onde pode haver cinqüenta tons de cinza é em uma cabeleira grisalha
  13. bem cuidada, essa nova idade será a sua melhor opção neste ano
  14. você confia muito em Wilde, e portanto, querendo recuperar a juventude basta cometer as mesmas loucuras
  15. os pré-socraticos vieram (também!) depois de Sócrates, os pré-rafaelistas depois de Rafael, então ainda há tempo para os pré-bardagianos
  16. é a idade que não define nada. Aos 20 voce é um jovenzimho, aos 30, o típico adulto, aos 40 voce está no seu auge produtivo, aos 60 voce é um jovem idoso. Aproveite e conceitue-se você mesmo.
  17. A minha chance de eu me tornar um Homem Virtuoso (é Aristotélico isso) é cada vez maior
  18. se a inteligência é vetorial e a burrice é escalar, a velhice é que não será exponencial
  19. ainda não cheguei a Ítaca, mas sei cada vez mais apreciar o caminho
  20. tenho ainda 12 anos para atingir a idade de Tolkien quando ele publicou O senhor do Anéis
  21. você não é mais arrogante: um jovem de vinte senhor de si é um jovem arrogante, um jovem adulto de 30 senhor de si é um jovem adulto arrogante, um adulto maduro de 40 senhor de si é um adulto maduro arrogante, um senhor de 50 anos senhor de si é um senhor.
  22. Você cada vez mais pode exercer a pratica da tolerância, pois você cada vez mais odeia mais coisas
  23. agora voce tem um grande airbag formado ao redor do umbigo. Privilegio. Vou usar com moderação.
  24. a partir de agora, você se deveria ser obrigado a somente dirigir automóveis alemães, desde que não fosse um Trabbi. Toleram-se suecos também.
  25. Você pode finalmente aceitar a alcunha de “Oldie but Goldie”
  26. Kafka disse que na luta entre o mundo e você, aposte no mundo, mas eu me delicio que o jogo já foi para o segundo tempo e ainda está empatado. E eu já ameacei marcar várias vezes
  27. a partir de agora você está liberado para cantar “Life is a highway” com um entusiasmo nunca visto
  28. você pode dar um largo sorriso, pois faz parte do grupo que mais cresce na população. Em 2030 seremos 42 milhoes de brasileiros com mais de 60.
  29. Você tem a certeza de que, se inventarem um campeonato novo, o Inter ganha também.
  30. Já me sinto a personagem de Murakami: “Na sua fisionomia havia uma confiança calma e discreta que alguns homens desta idade possuem”.
  31. porque acaba de dar no new York times: idoso agora é aos 70.

Inspirada por Lenine, para o Brasil

se está ruim, arrume,

se saiu do rumo, aprume,

se caducou, renove,

se deteriorou, inove.

se desgovernou, endireite,

se complicou, ajeite,

se se perdeu, engaje,

se mal armou, desmanche,

se perdeu, revanche,

se mixou, engaje,

se furou, emende,

se é crise, gere,

se é o país, lidere!

Charlie n’est plus là

Charlie écoute de la musique

Ça peut-être tragique

Charlie vient du bureau

Donne-moi un morceau

De ta tristesse?

Charlie sort de l’école

A quelle vitesse?

Charlie va au cinema

Mais qu’est-ce qu’il y a?

Pas grave, Charlie

On a tué ta maladie

Charlie

N’est plus là

Où il faudra

On fait un dessin

Sur le chagrin

O ano do Contra Fluxo

Neste novo ano, busque o fracasso, seja ocioso, aumente sua ignorância, discuta muito, perca produtividade, sinta-se desconfortável, desapegue-se de sucessos.

Busque mais fracassos, pois quanto mais fracassar, mais terá trilhado caminhos inóspitos, que lhe farão aprender. Isto é o que engrandece.

Amplie seu tempo de ócio, aquele tempo de qualidade para pensar, refletir, estruturar, criar.

Faça crescer sua ignorância, desbravando campos de estudos novos, conceitos que não conheça, e deslumbre-se com a constatação que ainda tem muito que aprender.

Discuta mais, ao se entregar ao debate com quem não concorda com você. Os pontos de vista deles lhe ajudarão a solidificar, ou mudar, os seus. Com isso, evoluirá. E, de quebra, pode ajudar outros a evoluir também.

Queira o desconforto, zona de conforto é para não aprender nada. No desconforto temos de buscar soluções.

Esqueça sucessos. Aquilo que inebria, prejudica.

E abra mão de produtividade. Quem disse que a vida é melhor quando se faz mais com menos? Eu acho que a vida é melhor quando se desfruta com menos pressa tudo o que nos agrada demais.

Enfim, desvie de manadas cegas, de correntezas avassaladoras, de tsunamis de obviedades. Viva o contra fluxo.

#HomemNoContraFluxo

Vai um arzinho aí, patrão?

Existem semáforos que não servem para organizar o trânsito, eles apenas regulam onde você vai continuar parado, se antes ou depois dele. Nestes grandes nós da Urbe-mor, lá estão eles. Os ambulantes, que perambulam lépidos e faceiros por entre os carros, estes verdadeiros imóveis que fumegam, com seus pacotes e mais pacotes daquele chocolate aerado. Eles não têm nenhum outro, só este, o dos inúmeros furinhos de ar. Repito, nenhum outro. Esteja você parado onde estiver, eles só te proporão aquele. O da embalagem vermelha. E eu fico me perguntando por que esta preferência, qual a razão deste monopólio? Por que desprezam tanto os motoristas que anseiam por um outro, digamos, um mais crocante? Ou um outro que amoleça menos rápido? Ou ainda um com recheio de castanhas, passas, o que seja? Não, só te oferecem o do recheio de arzinho.

E é barato, mais barato que no mercado, mais barato que no armazém da esquina, mais barato que em promoção de site de desconto coletivo, mais barato que em qualquer outro lugar. Por que será? Será mais fácil de transportar, sendo mais leve, tendo ar?

Será falso? Terá ar de segunda injetado nele? Ou pior ainda, conterá algum tipo de gás venenoso, letal? Estariam fora do prazo de validade? Derretendo? Provavelmente não, já teriam descoberto a fábrica clandestina há muito tempo. Ninguém pode produzir tanto chocolate impunemente. Seria um ato estratégico de desova da fábrica oficial? Uma tentativa desesperada de livrar-se de um choco-abacaxi? Provavelmente não, o tal furadinho também vende bem nos supermercados, nos botecos e em farmácias. Adicionalmente, quanto mais sobem as commodities, o açúcar, o cacau e etc, melhor vender ar. Aprendi que a densidade do tal areado pode ser a metade da de um chocolate sem furos. Portanto, não há lógica econômica na questão. Mas alguma lógica deve haver, embora eu não consiga encontrá-la.

Só de pirraça, nunca compro o tal do arzinho, nem no semáforo, nem no mercado, embora morra de vontade.

Até o sinal abrir para mim, daria para devorar uns dois.

10 bardagens totalmente inúteis

1. Falava as maiores platitudes, mas não era platônico.

2.  Neste mundo convergente, ir até o extremo significa voltar ao ponto de partida. Vá sempre só até o meio.

3.  A conquista é 90% transpiração e 10% uso regular de desodorante.

4. Longe é um lugar que não existe, desde que você não esteja falando da Ilha Bouvet

5. Em um elevador, contenha suas manifestações corporais. Não arrote, não espirre, não solte flatulências. Em todos os casos, leve a mão à boca. Para dar certo no caso das flatulências, antes comprima-se ao máximo. Este movimento de compreensão levará você a arrotar, por isso, leve a mão à boca.

6.  Uma meia-verdade é uma mentira inteira, mas isso não torna uma meia-mentira uma verdade.
7.  To be or not to be, I love you e yes we can. As melhores frases da língua inglesa. Mas use-as corretamente: Yes, we can para o seu chefe, I love you para a sua companheira e to be or not be para o seu terapeuta. Não vá falar to be or not to be para a sua companheira, yes we can para o seu terapeuta e, principalmente, nunca fale I love you para o seu chefe.

8.  Paradoxo: quanto mais buraco, menos queijo.

9.  Paradoxo: quanto mais túnel, menos falta para não precisar fazer túnel

10.  Todo futuro é óbvio quando vira passado. Todo passado é incerto quando vira futuro.