Da série “poesia numa hora dessas?”

De onde vem

O aperto no peito

Este sem-jeito?

Onde fica

O mal-estar

O devanear

As horas que passam?

Como é

Quando teu coração

Te mente?

Quando a razão

Não sente?

É de quem

O segredo contado

A sombra do arvoredo?

Para onde vai

o choro contido

a palavra não-dita?

a esperança que se retrai?

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s