Alice no país das maravilhas (6) – Tim Burton e os desafios do livro de Carroll

E a poucos dias da estréia do filme entre nós, se faz imperativo discutir aquele que é seguramente o enigma mais intransponível de Carroll: A charada sobre o Corvo e a Escrivaninha (the raven and the writing desk).
Nas palavras do Chapeleiro:

“Por que um corvo é parecido com uma escrivaninha?”
“Acho que posso adivinhar essa”, respondeu Alice
No que a Lebre de Março contesta: “Você acha que pode descobrir a resposta para a charada?”
“Exatamente”, diz Alice
“Então deveria dizer o que quer dizer”, comentou a lebre
Alice se põe a pensar sobre corvos e escrivaninhas enquanto a conversa degringolava para outros rumos.

E neste ponto Carroll deixa a charada suspensa no ar.

Alguma pesquisa vai levar você a algumas especulações sobre a charada, mas o fato é que o próprio Carroll admitiu que não tinha a menor idéia da resposta!

Será que Tim Burton vai ousar responder?

É isso aí,

Advertisements

2 thoughts on “Alice no país das maravilhas (6) – Tim Burton e os desafios do livro de Carroll”

  1. O próprio Lewis Carroll respondeu à charada no prefácio da edição de 1897: “Porque o corvo, como a escrivaninha, pode produzir algumas notas, embora sejam muito chatas, e nunca pode ser virado de trás para frente!”

    Eu achei meio ridícula, sinceramente, hehe.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s