Fusões e Aquisições – Choque Cultural?

Um dos embates mais aguerridos no confronto de lógicas, se dá em cima do tema da Cultura Organizacional. Como conciliar a visão de mundo daquela massa de gente que tá se juntando? Como fazer o todo da nova organização pensar de foram única, e se possível já a partir do primeiro dia?

Bem, aqui entramos forçosamente em campo minado! Pois, para seguirmos adiante, é preciso antes de mais nada definir este troço de Cultura Organizacional….o que é mesmo isso? Pior, será que existe a Cultura Organizacional? Quem já viu?

Há uma linha de pensamento que diz que a Cultura Organizacional (CO, a partir de agora) é uma variável, ou seja, pode ser alterada, de preferência, ditada e professada pela Alta Administração. Para esta corrente, basta a Diretoria definir algumas regras, fazer um Código de Valores, que todo mundo sai atrás se adáptando e fazendo o que está escrito bem lindinho na parede.

Porém, outro grupo de pensadores, advoga que a CO não é uma variável, a CO simplesmente está lá, representada pela experiência somada de todas as pessoas, que trazem seus valores e princípios de casa, da educação que tiveram , enfim, da sua socialização primária.

Mas, calma lá, há ainda uma terceira corrente, que diz que a CO na verdade nem sequer existe, no máximo podemos ter várias culturas, muita fragmentação, pois justamente, como é dependente de socialização primária, cada um traz a sua……..

Diante de tudo isso, o que fazer? Falaremos disso mais adiante.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s